EM CONTACTO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
Contactos

+351 258 741 026

Rua do Arrabalde, 400

 4990-097 Ponte de Lima, Portugal

casadagarrida@ufp.edu.pt

pro-reitoria-diri@ufp.edu.pt

O Solar do Desassossego é um projecto da Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional e Relações Internacionais  da Universidade Fernando Pessoa, funcionando na Casa dos da Garrida como um laboratório de investigação multidisciplinar e uma plataforma para o desenvolvimento de actividades académicas, culturais e artísticas

SOBRE NÓS

Copyright © FFP - Fundação Fernando Pessoa

A educação e a cidadania crítica no

 

contexto adverso da crise da

 

evidência e do politicamente correcto.

Neste seminário, procura-se analisar e discutir duas contrariedades com as quais se debate hoje a educação/formação: a crise da evidência e a paranóia do politicamente correcto.

No caso da crise da evidência, genericamente enquadrado numa perspectiva política mais à direita, deparamo-nos com uma atitude que desvaloriza o conhecimento, os factos, a objectividade, pondo, por isso, em questão, e em risco, a educação e a inteligibilidade enquanto pilares fundamentais de uma sociedade racional, livre e justa. No caso do politicamente correcto, genericamente enquadrado numa perspectiva mais à esquerda, somos confrontados com uma higienização e depuração discursiva que tem como consequência última a morte do pensamento crítico, indispensável à sempre controvertida dinâmica cultural e civilizacional.

Orientado por

Rui Estrada  Professor Catedrático da Universidade Fernando Pessoa; Investigador do Observatório Permanente Violência e Crime (OPVC) da Universidade Fernando Pessoa; Investigador Integrado do Centro de Investigação Transdisciplinar "Cultura, Espaço e Memória" da Universidade do Porto; Prémio Pen Clube Ensaio (2002) com O Céu Aberto do Senso Comum

Eduardo Paz Barroso  Professor Catedrático da Universidade Fernando Pessoa; membro do LabCom (Laboratory of Online Communication, Universidade da Beira Interior);  Director do Teatro Nacional S. João (1992-95); actual Presidente da Direcção do Coliseu Porto Ageas